domingo, 27 de março de 2011

Abuso: delegado prende gerente


Na noite dessa quinta-feira (25), o delegado do município de Japoatã Leógenes Bispo comprou uma geladeira que apresentava um problema. Ao notar o problema a autoridade voltou à loja

E ao gerente solicitou a devolução do dinheiro, mas o pedido foi negado, pois o gerente Joilson Alves afirmou que a loja havia fechado e o caixa só poderia repassar o valor no dia seguinte.

Inconformado, o delegado sacou o revólver, deu voz de prisão e algemou o gerente. A movimentação foi intensa, os clientes e funcionários ficaram assustados e condenaram a suposta atitude do delegado. O gerente foi encaminhado para a delegacia plantonista em uma viatura da polícia.

Na delegacia, o delegado e o gerente prestaram depoimentos e em seguida, foram liberados. Ao corregedor da polícia civil, o delegado teria dito que foi ofendido pelo gerente. A polícia investiga o caso. A confusão movimentou um dos shoppings de Aracaju.

8 comentários:

  1. Certa vez comprei uma tv. Ao chegar em casa a tv liguei a mesma e estava tudo blz, em dois minutos a cor vermelha desapareceu e a imagem ficou em tons de roxo e verde. Liguei na loja e o gerente me disse que eu tinha que levar para a assistencia tecnica. Pode uma coisa dessa. O delegado fez certinho, bando de folgado, nao dao garantia coisa nenhuma. So falam em assistencia. Parabens ao Leogenes.

    ResponderExcluir
  2. Em certa ocasião comprei um video game na santa efigênia. Feliz com a nova aquisição, já que fazia anos que o desejava, cheguei em casa para jogar. Quando abri a caixa para minha surpresa, existia uma bateria de carro no lugar do video game.

    Voltei a loja e não encontrei ninguém para reclamar. O Pior é que a bateria estava descarregada, tentei colocar no opala do meu pai e não funcionou...

    Uma pena, perdi dinheiro e tempo de besteira!

    ResponderExcluir
  3. Lucas...jura que você levou uma bateria no lugar de um vídeo game? kkkkkkkkkkkk, e não notou a diferença de peso de um video game (qualquer que seja) para uma bateria de qualquer Amp...porra...VOCÊ MERECEU!

    ResponderExcluir
  4. Ai que burro da zero pra ele (lucas)

    ResponderExcluir
  5. Lucas Fake! Mamãe, quero aparece!

    ResponderExcluir
  6. Eu comprei um netbook na Nagem e ao perceber que não tinha drive de DVD fui trocar, só faltaram me dar porrada. Que SacaNagem

    ResponderExcluir
  7. Também acho que a informação do Lucas é falsa, pois, como mencionaram, a bateria de carro pesa como chumbo, literalmente, porque o tipo de bateria dos automóveis é do tipo ácido-chumbo. Se tiraram o chumbo da bateria, ela ficou muito leve, o que também inviabilizaria a possibilidade de ser um video game. Aliás, o tamanho da bateria de um carro é muito maior que qualquer vídeo game, pelo menos em relação ao volume.

    Em relação ao delegado: abuso de autoridade.

    ResponderExcluir
  8. "Papagaio.com disse...
    Eu comprei um netbook na Nagem e ao perceber que não tinha drive de DVD fui trocar, só faltaram me dar porrada. Que SacaNagem"

    Essa só pode ser fake também!

    ResponderExcluir